Vigilância Socioassistencial

A Vigilância Socioassistencial foi pensada pela Política Nacional de Assistência Social – 2004, reiterada na NOB – SUAS 2005, com efetivação na NOB – SUAS 2012 (capítulo VII) e com implantação na SEMAS em 2013.

Previsto no art. 90 da NOB – SUAS 2012, a Vigilância surge

Parágrafo único. A vigilância socioassistencial constitui como uma área essencialmente dedicada à gestão da informação, comprometida com:

I – o apoio efetivo às atividades de planejamento, gestão, monitoramento, avaliação e execução dos serviços socioassistenciais, imprimindo caráter técnico à tomada de decisão; e
II – a produção e disseminação de informações, possibilitando conhecimentos que contribuam para a efetivação do caráter preventivo e proativo da política de assistência social, assim como para a redução dos agravos, fortalecendo a função de proteção social do SUAS.

Objetivos:

• Avaliar e compreender a concepção da vigilância socioassistencial, processos de planejamento, monitoramento e avaliação;

• Discutir e analisar a operacionalização da vigilância socioassistencial, enfocando a utilização de todos os sistemas de informação, da organização do diagnóstico socioterritorial e do mapeamento de vulnerabilidades.

A Vigilância Socioassistencial estrutura-se em dois eixos:

Vigilância de Riscos e Vulnerabilidades – Responsabiliza-se pela produção, sistematização e análise de informações territorializadas sobre as situações de risco e vulnerabilidade que incidem sobre famílias e indivíduos (DEMANDA). Esse dados são coletados mensalmente através de um Prontuário, repassado para a Ficha de Cadastro das Famílias e finalizando com o preenchimento de um Relatório mensal dos CRAS e CREAS disponibilizada pelo MDS – SAGI.

Vigilância dos Padrões dos Serviços – Responsabiliza-se pelas informações relativas ao tipo, volume e padrões de qualidade dos serviços ofertados pela rede socioassistencial (OFERTA). Hoje na coordenação está sendo realizado mapeamento das redes socioassistencial dos CRAS, CREAS e Entidades com visitas em loco e preenchimento de instrumental elaborado pela Gestão .

Coordenadora: Carmen do Socorro da Silva Quadros


Área de cobertura dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) do município:

Área de abrangência dos CRAS de Castanhal

VEJA NOTÍCIAS SOBRE VIGILÂNCIA SOCIOASSISTENCIAL

Anúncios

Um comentário sobre “Vigilância Socioassistencial

  1. Teno 3 filhos matenho todos na escola apezar de todas dificudades que ando enfrentando nesta vida estou doente tenho uma inflamaçao uma lesao na coluna erne de disco tedinite nos braços sinto muita door por isso n consigo fazer quaze nada eu recebia 166 reais agora q mais precizo meu beneficio abaixou p 102 reais por q me ajude estou dezisperada o q fasso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s